Sexta, 21 de Janeiro de 2022 05:50
63 98426-4893
Brasil Mundo

Brasil assume liderança de aliança internacional antiaborto

Pauta pró-vida foi uma das principais bandeiras de Bolsonaro em campanha eleitoral de 2018.

15/01/2022 09h30
Por: Redação Fonte: Raul Holderf Nascimento
Foto Divulgação Valter Campanato | Agência Brasil
Foto Divulgação Valter Campanato | Agência Brasil

O Brasil passou a liderar um acordo internacional chamado Declaração de Consenso de Genebra, documento no qual as nações se comprometem em proteger o direito à vida desde a concepção — costurando uma ampla aliança antiaborto.

Ao acatar a resolução, os países envolvidos abrem espaço para questões relacionadas à importância de garantir o acesso das mulheres aos últimos avanços em termos de promoção da saúde, além de reforçar o papel da família como unidade fundamental da sociedade.

O chamado “consenso” reúne cerca 36 signatários e, recentemente, a Rússia aderiu ao grupo e se juntou à declaração. Os Estados Unidos, que integravam a aliança, anunciaram saída do bloco por decisão do governo Joe Biden.

Nas redes sociais, a ministra Damares Alves comemorou. Segundo ela, o Brasil está conquistando protagonismo em escala global.

“Estamos lutando contra o aborto. Somos também o país que mais vacina no mundo. O Governo Bolsonaro se preocupa com a vida humana em todos os seus estágios, em todas as instâncias. E isto não é pauta antigênero”, escreveu ela, por meio do Twitter.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias