Rádio Ponto News
Play Store
Domingo, 22 de Maio de 2022 23:46
63 98426-4893
Internacional Licença menstrual

Espanha pode ser o primeiro país da Europa a aprovar legislação sobre o tema

Plano de reforma quer garantir folga durante ‘período de fortes cólicas’.

12/05/2022 18h30
Por: Redação Fonte: Raul Holderf Nascimento
Foto: Divulgação Reprodução | RCP
Foto: Divulgação Reprodução | RCP

A Espanha pode se tornar o primeiro país da Europa a implementar uma legislação que concede direito de licença médica no ambiente de trabalho. A medida, conforme o texto, visa contemplar mulheres que sofrem de dores graves durante o período menstrual, garantindo o direito de afastamento de até três dias enquanto durar o fluxo.

A ação compõe um dos pontos que está inserido em um projeto de lei que será encaminhado ao Executivo espanhol para aprovação na próxima semana.

A ampliação do acesso ao aborto é o principal ponto da proposta, segundo a rádio local Cadena SER. O veículo teve acesso ao documento e diz que a lei se propõe a permitir que jovens a partir dos 16 anos tenham acesso aos procedimentos abortivos, assegurando que os serviços sejam prestados em hospitais públicos.

Além disso, o projeto legislativo considera a possibilidade de jovens a partir dos 16 anos poderem abortar sem a permissão dos pais.

Em fevereiro, a ministra da Igualdade, Irene Montero, disse estar convicta de que a pauta deve avançar.

— É fundamental que todos os centros com serviços de ginecologia e obstetrícia tenham profissionais que garantam a interrupção voluntária da gravidez — relatou.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Ele1 - Criar site de notícias