Segunda, 29 de Novembro de 2021 15:38
63 98426-4893
Justiça Direito e Justiça

Por conta de outdoor que homenageava a Lava Jato, conselho do MP aprova demissão de procurador

O procurador teria sido o responsável pela instalação de um outdoor em Curitiba, em que homenageava a operação.

20/10/2021 07h30
Por: Redação Fonte: Redação
Foto Divulgação/reprodução
Foto Divulgação/reprodução

O Conselho Nacional do Ministério Público aprovou nesta segunda-feira (18) a demissão do procurador da República Diogo Castor, ex-integrante da Operação Lava Jato.

O procurador teria sido o responsável pela instalação de um outdoor em Curitiba, em que homenageava a operação.

“Bem-vindo à República de Curitiba. Terra da Operação Lava Jato, a investigação que mudou o país. Aqui a lei se cumpre. 17 de março — 5 anos de Operação Lava Jato — O Brasil Agradece”, dizia o painel.

Por seis votos a cinco, prevaleceu o entendimento da relatora, Fernanda Marinela. A avaliação é de que Castor de Mattos violou os deveres funcionais e praticou improbidade.

A defesa do procurador alegou que o processo disciplinar se sustentou em mensagens obtidas a partir da ação de hackers contra celulares de membros da Lava Jato, o que tornaria as possíveis provas ilícitas.

O CNMP agora encaminhará o caso para a PGR para que o procurador-geral da República, Augusto Aras, escolha um subprocurador para ajuizar a ação judicial de demissão do procurador.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Direito e Justiça
Sobre Direito e Justiça
Ele1 - Criar site de notícias