Segunda, 29 de Novembro de 2021 15:04
63 98426-4893
Capital Cuiabá

Cuiabá: Estádio Dutrinha passará a contar com placar eletrônico após obra de reestruturação

O processo de aquisição do equipamento está em andamento e é efetuado por meio do Pregão Eletrônico

21/10/2021 05h00
Por: Redação Fonte: BRUNO VICENTE
Foto Divulgação/ Luiz Alves
Foto Divulgação/ Luiz Alves

A reforma e reestruturação realizada pela gestão Emanuel Pinheiro no Estádio Eurico Gaspar Dutra, o Dutrinha, garante ao templo do futebol mato-grossense a instalação de um placar eletrônico em LED, que permitirá ao torcedor a visualização límpida de informações inerentes às partidas realizadas no local. O processo de aquisição do equipamento está em andamento e é efetuado por meio do Pregão Eletrônico 037/2021.

O edital montado pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer em parceria com a Secretaria Adjunta Especial de Licitações e Contratos estabelece que o equipamento deve seguir especificações como medida de 6,50m x 2,50m e dígitos de 40cm, sendo possível mostrar a contagem de gols, nomes das equipes e tempo de partida. A abertura das propostas tem previsão de ocorrer na próxima sexta-feira (22).

A proposta vencedora do Pregão Eletrônico será aquela considerada a de menor preço do lote, seguindo os critérios fixados pela Lei Federal 8.666/93, que dispõe sobre as normas para licitações e contratos na Administração Pública. Mediante a apresentação de documentos, a empresa deverá comprovar a capacidade técnica para execução do serviço, que terá que ser realizado em até 30 dias após assinatura da ordem de fornecimento.

“É um equipamento imprescindível para a realização de jogos no local. Espera-se, com isso trazer novamente o estádio Dutrinha ao cenário do futebol mato-grossense, bem como torná-lo um espaço moderno, adequado para torcedores e eventos, tornando-o mais agradável e confortável visando o fortalecimento do esporte na Capital”, justifica a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, no edital.

O Estádio Presidente Dutra, pertencente à Prefeitura de Cuiabá desde julho de 2011 e foi declarado "Tombado como Patrimônio Histórico de Cuiabá-MT", pela Lei Municipal 2.761 de 25/05/1990, de autoria do, na época, vereador Emanuel Pinheiro, como forma de preservá-lo. Entre 2010 e 2014 foi o principal estádio de Mato Grosso devido a demolição do Estádio Verdão para dar lugar a atual Arena Pantanal.

Neste ano, o estádio chegou ser cedido, temporariamente, à Confederação Sul-Americana de Futebol e foi utilizado como centro de treinamento das seleções que participaram da Copa América. Desde sua construção, em 1952, ele passa pela maior obra de reestruturação. A reforma foi iniciada em 2019 e recebe o investimento de aproximadamente R$ 2 milhões, aplicado pela gestão Emanuel Pinheiro.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Capitais
Sobre Capitais
Ele1 - Criar site de notícias